sábado, 19 de maio de 2018

Meus Mistérios








   Ouse meus mistérios desvendar

   Busque e vasculhe com seus instintos poéticos

   a letra imprecisa de  meu mais famoso verso.

   Não desalinhe as veredas que junto a ti trilhei

   Nunca esqueça daquilo que um dia te ofertei

   Sinta num átimo de tempo, a minha presença

   junto a ti, na leve brisa do vento.

   Estou na rosa dos ventos, ali em um simples fragmento.

   Se olvidares o caminho, eu indico...

   Estou naquela missiva que amarelada pelo tempo,

    jaz esquecida na gaveta,longe de seus pensamentos

   Se ainda, tiveres dúvidas em como me alcançar,

   lembre-se de uma breve história que hoje

   já não faz mais parte de seu enredo,

   então saberás por fim, todos meus segredos.

Nenhum comentário: