domingo, 1 de abril de 2018

Naturalmente cativante





Naturalmente cativante


O sol, o vento e a chuva que vem e vão
Brisa que inunda o dia
Refresca e insinua toda mudança de estação
Alivia, fecunda e contagia.

Céu, no seu poderoso azul
lençol que recobre o mar
Versos soltos e sem destino
levados juntos a este amanhecer
numa parábola de inspiração pelo ar.

Nenhum comentário: