sábado, 10 de fevereiro de 2018

Invasor








Você chegou
De supetão
Sem cerimônias
E nem ressalvas
Penetrou
Minha alma
E assim, conseguiu
De mim, tudo
Que os outros nem
Tentaram
De posse de meus
Sentimentos
Não precisou
Consentimento
Para ser dono do
Meu coração
E trazer à minha
 bucólica vida



PAIXÃO

2 comentários:

Anônimo disse...

O amor sempre no comando; paixão é para ser vivida... Parabéns, bons versos! Abs - Cerson Machado

Lilian Fatima disse...

OI Cerson, sempre as paixões e os amores perfazendo enredos poéticos.

Obrigada pela visita.